Salvador-Bahia,,de 2015

Comunicado importante: Alerta geral aos Estudantes,Professores e Funcionários da Ucsal



Recentemente alunos de uma grande universidade do brasil foram lesados por causa de "campanhas especiais" promovidos por vendedores que usavam camisas da Revista Veja e da Editora Abril que se apresentavam dizendo se tratar de uma campanha de incentivo a leitura para universitários.



Ofereciam revistas velhas de brinde,pediam que os estudantes mostrassem o cartão de crédito para  participar da campanha promocional  oferecendo valores mínimos quase insignificantes para aquisição de assinaturas ,aconteceu que para a grande surpresa de todos ao receberem as faturas dos seus respectivos cartões verificaram que os valores estavam muito acima dos preços oferecidos ,alguns inclusive tiveram lançamentos de compras desconhecidas , cobranças indevidas no cartão de credito que não tinham nada a ver com os preços promocionais oferecidos pelas assinaturas e os valores solicitadas também não correspondiam,

Ofereciam assinaturas promocionais de quatro revistas com um valor insignificante dizendo que era uma promoção em parceria com os cartões de crédito e que o cliente só pagaria a primeira parcela e as demais ficavam por conta do cartão, e isso incluía todos os cartões de crédito,evidentemente que tudo isso não era verdade e  não passava de golpe para enganar o cliente , muitos estudantes ,professores e funcionários foram enganados por estes vendedores da editora Abril e o pior é que essa tática maliciosa e fraudulenta é usada também por vendedores da Editora Globo e da Editora Três REVISTA ISTOÉ, alias parecem ser os mesmos vendedores que trabalham para empresas diferentes ,aplicam o golpe em uma representação ,pulam para outra e continuam com o mesmo golpe,o mais espantoso é que determinados gerentes de vendas de assinaturas são coniventes com isso.
Visando apenas o volume de vendas não se preocupam com a qualificação e a ética profissional dos vendedores externos, colocam qualquer elemento despreparado e ganancioso,  desonesto e sem educação para trabalhar vendendo suas assinaturas.

Coincidentemente hoje a noite 15/03/2011, no Campus da UCSAL Federação um grupo composto de 20 vendedores incluindo Homens e Mulheres se apresentaram vestindo camisa da Revista Veja e com a logomarca da Abril tentaram invadir o Campus da Universidade Católica da Federação. De forma intempestiva e agressiva despejaram um monte de revistas na entrada do portão principal de acesso ao CAMPUS , fazendo uma especie de barreira,dificultavam até o transito dos alunos que eram obrigados a passar por cima das revistas, ficaram no portão criando tumulto e abordavam de forma agressiva e irritante todos os alunos que passavam, logicamente não podiam dar atenção pois muitos já estavam atrasados para as aulas.

Estes vendedores estão na Bahia aplicando a mesma tática inescrupulosa usada anteriormente nas Faculdade de Minas Gerais ,oferecem revistas velhas de brindes com datas anteriores a 2 anos e se por ventura o estudantes parar para dar atenção eles pedem para mostrar os dados do cartão
e falam muito rápido para não dar tempo de raciocinar e desistir  ,dizem sempre que se trata de uma promoção relâmpago e que os cartões estão "patrocinado a campanha de incentivo a leitura para estudantes"

A produção do Mural da UCSAL através de um dos seus colaboradores entrou em contato com as operadoras dos cartões de crédito e tomou conhecimento de que não existe nenhuma promoção neste sentido,o que existe de fato são outras campanhas com um certo desconto mas o cliente paga todas as parcelas de forma integral e que os cartões fazem apenas a operação de cobrança normal, por isso os vendedores da Editora Abril que estão no portão de entrada principal do Campus da UCSAL federação na Avenida Cardeal da Silva ,além de não serem autorizados pela Universidade Católica e nem pela Prefeitura para ficarem na porta da Faculdade , estão agindo de má fé ao usarem de truques para enganar os estudante com promoções enganosas e ao mesmo tempo estão queimando a imagem da Editora Abril que tem boas publicações más, essa tática de vendas que estão usando além de ser anti ética é totalmente desonesta e criminosa e isso também acontece em stands de Shopping Centers e de Aeroportos, como o cliente está sempre com muita pressa eles confundem a pessoa e são treinados para memorizar e copiar rapidamente os dados do seu cartão.




Portanto ;


CUIDADO COM SEU CARTÃO DE CRÉDITO!


NUNCA MOSTRE OS DADOS DO SEU CARTÃO A QUEM VOCÊ NÃO CONHECE E NEM PASSEM EM MAQUINETAS DUVIDOSAS DE PROMOÇÕES RELÂMPAGOS DESTE PESSOAL.




Fiquem atentos pois estes vendedores estão na Bahia e ,se aparecerem no portão de sua Faculdade usando estes mesmos métodos e argumentos não assinem nada e chamem a Polícia!




Se você realmente tem interesse em assinar alguma revista procurem um vendedor de sua confiança, desconfiem desse pessoal que aparecem assim dessa maneira na entrada dos seus respectivos Campi.


Alertem nossos colegas e a Segurança dos seus CAMPI , se você for de outra Faculdade e estiver lendo esta informação falem também com seus colegas.


Cordialmente

Mural da UCSAL.

45 comentários:

  1. aros colegas também fui lesada pela editora abril. No dia 10/11/09 o representante Edilson estava oferecendo a assinatura da editora abril na minha faculdade eu achei bacana e fui olhar a revista runner s world ele me disse que a assinatura me custaria 10x de 18,70 e ganharia mais um ano de graça ou seja pagaria 10 meses para ficar recebendo a revista durante dois anos eu aceitei e passei meus dados pessoais, a maior burrada da minha vida, pois eu me arrependi e no outro dia fui falar com ele para cancelar meu cadastro ele não respeitou minha decisão, e estou com um debito de duas assinaturas obs da mesma revista pedi o cancelamento e reembolso do dinheiro das duas revistas. No dia 16/11liguei para cancelar, mas o atendente me disse para esperar uma semana porque não encontrou o meu cadastro, mas eu já tinha uma divida de 37,40 das duas revistas, no dia 23/11 liguei novamente para pedir o cancelamento e reembolso, no dia 26/11 liguei novamente para saber se o reembolso já tinha sido feito e para minha surpresa a atente me informou que não tinha nenhum pedido de cancelamento eu refiz todo o procedimento e pedi uma declaração por escrito ressaltando o cancelamento da compra. No dia 1/12 liguei novamente a editora disse que já cancelou as duas revistas e que já fez o reembolso, mas a administradora do meu cartão de credito me informa que nenhum reembolso foi feito E MAIS UM DETALHE ACABEI DE RECEBER 1 REVISTA RUNNER S WORLD. Vou esperar a 15 dias para a declaração chegar em minhas mãos se nada for feito vou procurar o PROCON. E FICA O AVISO PARA QUEM QUER ASSINAR ABRIL NÃO ASSINEM COMPREM SUAS REVISTAS NA BANCA É UM POUCO MAIS CARO, MAS PELO MENOS O VENDEDOR DA BANCA NÃO COBRARA DUAS VEZES A MESMA REVISTA. NUNCA MAIS QUERO SABER DE ASSINATURA DA EDITORA ABRIL É UMA FARSA

    ResponderExcluir
  2. Sérgio dos Santos Vieira15 de março de 2011 23:55

    Isso já é caso de polícia! Após verificar tantas reclamações, as quais considero verdadeiras porque comigo também acontece o mesmo, acredito que a Editora Abril não tem condições de contornar a situação. São tantos os erros cometidos pela (des)organização chamada “Editora Abril” que eu não vislumbro uma solução para todas as pessoas (inclusive eu) que foram (e continuam sendo) enganadas. Acredito que a única saída dos assinantes é recorrer ao Procon e registrar ocorrência de crime contra a economia popular (tamanha é a quantidade de pessoas enganadas e lesadas em sua conta-corrente). Jamais imaginei encontrar uma situação dessas numa editora cujo conceito, até então, era dos mais elevados. No entanto, haja vista a quantidade de reclamações (sem levar em consideração que a maioria das pessoas lesadas não reclamam), e, sem ser ouvido nas diversas vezes em que observei por e-mail, vou cancelar a assinatura e solicitar o bloqueio de minha conta bancária para todo o desconto efetuado futuramente pela Editora.

    ResponderExcluir
  3. Relamente é verdade ,tinha mesmo hoje a noite um pessoal da Editora Abril do lado de fora do portão principal logo na entrada fazendo tumulto,eles me abordaram me deram uma revista velha de 2010 e me pediram para que eu mostrasse o meu cartão para ganhar um brinde de outra assinatura que era uma promoção do cartão com a Editora Abril dando descontos especiais para estudantes ,acontece que já cai neste golpe no aeroporto uma vez quando ia para o rio de janeiro e ainda apareceu um monte revistas que eu não tinha assinado e minha mãe teve o maior trabalho para cancelar.Isso é crime ,é enganação pura ,espero que A Ucsal tome alguma providência para que eles nem fiquem no portão principal nos incomodando.

    Sou acdêmico de Direito da Ucsal.

    ResponderExcluir
  4. Não quero a VEJA nem de graça...

    ResponderExcluir
  5. Sou estudante de direito da Ucsal e venho dizer que tudo isto que esta escrito aqui é verdade,eu passei pela mesma situação,o pessoal da editora abril me abordou na entrada do campus me oferecendo um monte de revistas velhas e me pediam para mostrar meu cartão de crédito,então eu perguntei: Porque deveria mostrar meu cartão de crédito para vocês se eu não vos conheço ? Dai eles disseram que era para ver se o meu cartão fazia parte da campanha, me recusei a mostrar e eles tomaram as cinco revistas que tinham me dado e queriam me dar uma revista tão velha que deveria era ir para o lixo,me sentir muito ofendida pois já sou uma senhora de certa idade ,sou estudante e também mãe de alunos que fazem faculdade e disse a eles que aquilo era uma total de respeito e de ética porque já tem um senhor que trabalha há mais de vinte anos divulgando revistas acadêmicas dentro do campus da federação e que eles não precisariam e nem deveriam estar ali enganando meus colegas daquele jeito, zombaram de mim e ainda disseram que "estava na hora de jogar o ferro velho para o escanteio e botar os jovens para produzir",fiquei mais indiguinada ainda pela falta total de educação e respeito com a pessoa humana,que especie de treinamento é este que esse pessoal da Editora Abril recebe?,Se é que tem algum deve ser só para enganar o povo!

    Não faz o menor sentido da Editora Abril ou quem quer que seja mandar estes tipo de pessoas ir tumultuar na entrada do campus ou em qualquer lugar da Ucsal,porque além de nos incomodar ainda atrapalha e prejudica o trabalho sério e honesto de quem já está há muito tempo trabalhando honestamente na ucsal da federação.

    Solicito ao nosso Reitor que não permita que estranhos da Abril ,da editora globo ou seja lá o que for vá para nossa faculdade nos chatear,já estamos bem satisfeitos com quem nos atende e não queremos mais ninguém tumultuando e se eles aparecerem de novo aqui na Ucsal poderemos ter sérios problemas pois vou chamar minha turma para interferir,espero não precisar ter que fazer isso.

    Peço aos demais colegas que tenham coragem e denunciem este tipo de coisa,afinal estamos em um Campus Universitário onde a maioria são alunos de Direito.


    Denise Abreu
    Acadêmica de Direito da Ucsal

    ResponderExcluir
  6. Este pessoal da Editora Abril estiveram aqui na Unime de Lauro De Freitas em 2010 e fizeram um monte de safadezas o pior é que muitos destes vendedores são de Minas Gerais e do Rio de Janeiro,más tem gente de salvador no meio também,o pessoal da católica deve ficar ligado mesmo para não cair em golpes,pelo menos aqui na Unime eles estão queimados.Editora Abril,editora globo e revista Istoé aqui na Unime não tem vez.

    ResponderExcluir
  7. Estes picaretas da Abril não respeitam ninguem,ano passado estiveram aqui na entrada do campus da federação, vacilei e cair nesse golpe o cara disse que caso eu desistisse era só cancelar,pois ele me falou que bastava pagar a primeira parcela e o restante era por conta do cartão,nada disso aconteceu veio tudo de vez e tive que cancelar meu cartão de crédito ,estou doido para ver eles de novo.

    Levy
    Acadêmico de Direito da Ucsal

    ResponderExcluir
  8. Na próxima vez, por favor, alguém chama a polícia!!!

    ResponderExcluir
  9. Eles estiveram novamente hotem a noite na entrada do campus da federação e disseram que vão voltar hoje de novo a apartir das 17 horas

    ResponderExcluir
  10. dia 03/04/11 minha mãe recebeu uma ligação pela manhã de um de um funcionário dizendo ser do caixa visa rede de cartão de credito,dizendo que ela tinha sido sorteada para receber um cartão bônus da visa, que eu teria 3.800 em pontuação para retirar em mercadoria na lojas de eletrodomésticos ou passagens aéreas etc.eles trocavam o bônus em tudo menos em dinheiro.e ela só teria que confirmar os dados do cartão dela para ele e cpf
    e logo depois de confirmado eles falam que a editora abril vai entrar em contato.2 minutos depois ligou uma funcionaria da editora abril confirmando que ela receberia durante 2 anos a revista época, saúde,recreio e outras em minha casa,
    somente descontando durante 1 ano 12 parcelas de 86 reais depois que recebesse o cartão bônus. e que esse valor de 1032 reais viria em bonus no tal cartão bônus,e depois falaram que era somente confirmar os dados e endereço para a entrega da revista,só que no dia 3 foi descontados no cartão dela 1032 reais da editora abril fantástico.nem sei se essa editora abril tem esse nome, pois nem conseguir entra em contato com essa editora. e no dia 6 descontaram 432 reis pela editora globo fppp.será que minha mãe foi vitima de um golpe pois tenho 69 anos somente autorizei o desconto dos 86 reis pensado que el realmente foi sorteada? depois que vimos o desconto no cartão ligamos para o cartão visa
    e eles desconhece essa promoção e falou que poderiamos sido uma vitima de um golpe.

    ResponderExcluir
  11. O segundo semestre mal começou agora em Agosto e esses caras da Abril já estão de volta na porta do Campus da Federação,que saco,não respeitam nem quem trabalha na area!

    ResponderExcluir
  12. Eu não suporto mais isso!

    ResponderExcluir
  13. A quadrilha já está novamente lá. Estiveram nos dias 10/08 e 16/08. Fujam deles!

    ResponderExcluir
  14. Eles queimam a imagem da empresa e ainda atrapalham quem trabalha certo! Aqui na Católica já tem um cara que trabalha com isso faz tempo,é uma pessoa honesta ,atende os estudantes muito bem ,não sei pra que p... a Abril fica mandando esta aves de agoro para cá,isso só faz atrapalhar.Se aparecer aqui novamente vai ter porrada ,vamos baixar o pau,vão enganar outro cambada de sem vergonhas!

    ResponderExcluir
  15. O PESSOAL DA ISTOÉ USA ESTA MESMA AÇÃO PERJORATIVA E CRIMINOSA

    ResponderExcluir
  16. Tinha um pessoal desse com a Revista ISTOÉ na entrada da Católica da Federação,usavam até maquina de cartão,fiquei desonfiada por que os caras não quiseram me fornecer nehuma referencia de endereço ou escritório para contato,sai para procurar a polícia ,mas,eles foram embora .

    ResponderExcluir
  17. Bom, eu sou do Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, e hoje eu fui abordada dentro da loja Casa e Vídeo, por um homem que me deu um monte de revistas e disse que eu ia receber um ano de revistas grátis e só ia pagar uma parcela mínima de 38,00. Pediu meu cpf e número do cartão de crédito. Estou com receio e um certo medo, que seje uma dessas fraudes aí, e agora o que eu faço?!

    ResponderExcluir
  18. O Pessoal da Editora Abril se associou ao grupo ESCALA EDITORIAL e estão entrando nas faculdades camuflados com esta editora ,mas é o mesmo grupo ,tudo picareta!

    ResponderExcluir
  19. Os mesmos vendedores que trablham na Editora Abril estão entrando nas faculdades com o nome da Editora Escala Editorial, são os mesmos picaretas ,sabem que a Abril está ´´queimada``dai usam a Escala Editorial como camuflagem ,mas é tudo a mesma coisa,é bom a CATÓLICA e as outras faculdades ficarem atentas,chega de safadeza!

    ResponderExcluir
  20. Este pessoal da Escala Editorial solicitou um pedido de autorização para expor na minha faculdade aqui no interior da bahia fui alertado que é o mesmo grupo da Abril e não autorizei,chega de problemas com meus alunos e professores.

    ResponderExcluir
  21. Anderson Oliveira13 de julho de 2012 12:56

    Além da Editora Abril o pessoal da Editora Escala Educacional está usando a mesma tática enganosa,se infiltram nas faculdades,promovem o maior estrago com as faturas dos cartões dos estudantes e simplesmente vão embora deixando vários pepinos ,isso é um absurdo!

    ResponderExcluir
  22. A Editora Abril está sem credibilidade no mercado,nas faculdade já não entram mais,o ano passado o pessoal da Abril invadiu o estacionamento aqui do Campus de Pituaçu sem autorização da Reitoria causando o maior tumulto,eles metem para os estudantes ,dão promoções fictícia com propagandas enganosas ,se eu encontrar de novo na Faculdade vou chamar a polícia

    ResponderExcluir
  23. A Editora ABRIL peca pela pessíma seleção do seu RH e continua pecando pela manutenção destes maus elementos.

    ResponderExcluir
  24. A Editora Abril atualmente cria problemas com estudantes em todas as faculdade por onde passa,seus vendedores são inescupulosos e a Editora Abril não cumpre os acordos feito pela mesma.Espero que não volte mais na Católica.

    ResponderExcluir
  25. A veja ou qualquer revista da Abril eu não quero nem de graça,se eu ver aqui na Católica vou esculhambar,vou chamar os colegas e fazer o maior barraco.

    ResponderExcluir
  26. É importante ficar ligado nisso ai pessoal!

    ResponderExcluir
  27. Um absurdo este pessoal!

    ResponderExcluir
  28. Hotem dia 27/02/13 tinha um pessoal da Veja da Editora Abril na frente da Católica da Federação com esta mesma propaganda enganosa,usavam máquinas de cartão de crédito,estavam com banca de PVC,sombreiro e faziam a maior zueira.Vale apena ligar também para a Prefeitura e pedir fiscalização,eles param em frente de qualquer faculdade ,fazem a "barreirinha" na entrada e aborda os alunos, no ano passado eles entraram sem permissão no estacionamento do CAMPUS DE PITUAÇU,este ano estão tentando a Federação ,é bom ficarmos atentos!

    ResponderExcluir
  29. ocorreu o mesmo comigo na rodoviária...ainda bem que não caí no truque! Agradeço a informação e passarei adiante!!!

    ResponderExcluir
  30. Os representantes disseram que descontaria apenas o valor do frete de 4,50, sendo que veio a fatura descontando 45,00 referente a 3 assinaturas, pensei que seria os 4,50 todo de uma vez e eu não iria pagar mais nada, por isso não entrei em contato. No segundo mês a fatura veio novamente com a cobrança, liguei para a Abril e eles me deram uma promoção onde eu só preciso pagar mais uma parcela e vou receber as revistas por 7 meses sem descontar mais nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo isso é mentira,eles mentem para enganar o estudantes e depois vão embora e deixam os problemas no cartão.NÃO ACREDITE,E TUDO ENGANAÇÃO.

      Excluir
    2. No ano passado teve o maior quebra-quebra no estacionamento do Campus de Pituaçu,eles entraram sem autorização e começaram a nos enganar,o caso foi grave ,mas parece que passou despercebido pela Administração da Católia.Hoje 03 de Outubro eu fui pegar uma aula no Campus da Federação e estes picaretas estavam na entrada do Campus ,nas escadas da frente ,usando Camisa da Revista CARAS. Um verdadeiro 171.Na Editora Abril,VEJA,CARAS só tem Picaretas!

      Excluir
  31. Está galera é tão cara de pau que colocou uma mesa na entrada do portão dos estacionamentos de professores da federação;acho que eles estão querendo pegar a carona na SEMOC sem autorização da Faculdade.Se eu encontrar de novo vou baixar a madeira nesses bandos de descarados.

    ResponderExcluir
  32. Que Chato isso,todo ano a mês coisa ,ontem a noite e hoje pela manhã eles estavam no corredor do campus da federação,uma loucura abrir espaço para este pessoal vir zoar a gente de novo.

    ResponderExcluir
  33. Bando de Picaretas!

    ResponderExcluir
  34. Eu quis dizer : Medonho!

    ResponderExcluir
  35. Atenção Ucsal: A picaretagem está acontecendo agora neste momento as 18:00 horas aqui no Campus da Federação.Alguém alerte a segurança por favor

    ResponderExcluir
  36. Desde a manhã de hoje que está rolando isso aqui na Federação.Não sei quem foi que autorizou isso,mas com certeza vai acontecer problemas no presente e no futuro.

    ResponderExcluir
  37. Este pessoal não pode ser qualificados de vendedores,na verdade são "enganadores de brindes", e o problema é que isto acontece em várias faculdades ,pesquisando pela internet tem vários casos veja por exemplo:
    http://www.portalodia.com/noticias/piaui/estudantes-universitarios-caem-em-golpe-de-editora-de-revistas-230395.html
    http://blogs.estadao.com.br/advogado-de-defesa/cuidado-com-o-golpe-da-revista/
    http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/editora-abril-e-os-vendedores-estudantes

    Outra coisa: Se eles fazem isso da porta pra rua é problema da preferitura,agora se eles estão dentro da faculdade ,a faculdade que deu a autorização pode e deve ser acionada também .A questão é que o pessoal solicita autorização para fazer uma coisa e acaba fazendo outra e enganando como sempre os estudantes e até funcionários.Tem que voltar a proibir e não liberar espaço para este pessoal para evitar problemas.

    ResponderExcluir
  38. A questão também é que estes caras são espertos e o alvo preferido da abordagem deles são, geralmente, os jovens estudantes inexperientes dos primeiros semestres.

    ResponderExcluir
  39. Muita Safadeza,fui abordada por um deles agora pouco.

    ResponderExcluir
  40. Pelo que entendi a Universidade já está ciente da situação e discorda completamente disso, passei e vi o funcionário da administração solicitando que a pessoa se retirasse do campus.

    ResponderExcluir

Espaço livre e independente,falem a vontade , aqui a liberdade de expressão é 100% democrática e a responsabilidade total dos comentários é de quem se pronunciar!